Aumento Benigno da Próstata
Identifique as causas dos sintomas e tenha um tratamento individualizado com o Dr. Julio Bissoli.

A glândula prostática cresce por volta dos 13 anos e, após os 25 anos, começa a aumentar lentamente até a a terceira idade. E é na terceira idade que o crescimento da próstata pode chegar ao ponto de obstruir o fluxo da urina. É a chamada Hiperplasia Benigna da Próstata ou conhecida popularmente como Aumento Benigno da Próstata, ressalta o

especialista aumento benigno próstata

, urologista Dr. Julio Bissoli.

A hiperplasia prostática benigna (HPB) é uma das mais comuns doenças do envelhecimento do homem e pode estar associada a alguns sintomas como jato fraco de urina, vontade de urinar com mais frequência e no meio da noite, possíveis perdas antes de chegar ao banheiro ou demora para urinar podem caracterizar um quadro de hiperplasia prostática.

Próstata Aumentada

Atenção, não podemos confundir com o câncer de próstata.

Especialista hiperplasia prostática

, Dr. Julio, também afirma que o risco do aumento benigno da próstata não tem relação com a cirurgia da vasectomia ou a atividade sexual do homem.

Para evitar condições como problemas para urinar, pedras na bexiga, infecções, retenção urinária e, em alguns casos, insuficiência renal, é fundamental que o homem se submeta a uma consulta com um especialista hiperplasia prostática, para conduzir uma análise minuciosa dos fatores que levaram a essa condição e direcionar o tratamento de HPB mais indicado, que vai de medicações até a cirurgia.

Diagnóstico Apesar de muito enfatizada, a medida da próstata, sozinha, não tem significado clínico. O especialista Hiperplasia Prostática esclarece que a medida deve ser encarada como um valor para estabelecer a probabilidade de alguém estar com a uretra “estrangulada” pela próstata e um guia para o valor de PSA (marcador de tumor de próstata) esperado para o indivíduo (pacientes com próstata muito grandes tem valores de PSA alto sem ter tumor).

Dr. Julio Bissoli, urologista aumento benigno de próstata, indica alguns exames para auxiliar no diagnóstico. O mais importante para é averiguar a história clinica do paciente (como urina, quanto acorda a noite, frequência urinária, etc.), estudos do fluxo de urina e da Cistoscopia, exames de sangue para verificar a função dos rins, dosagem do PSA e o ultrassom da próstata e das vias urinárias, englobando os rins e a bexiga.

O toque retal é fundamental para classificar a glândula sobre o aspecto benigno (macia ao toque) ou tumoral (endurecida), e se está inflamada ou não, visto que a Prostatite leva a um toque retal doloroso.

Em muitos casos, o aumento benigno da próstata não representa maiores problemas e necessita apenas de acompanhamento com o

urologista aumento benigno de próstata

.

Aproveite para saber mais sobre:

Câncer da próstata Check-up da próstata

Agora, quando os sintomas do trato urinário afetam negativamente a qualidade de vida do homem e interferem na sua rotina, - incluindo suas complicações que podem levar ao estreitamento da uretra -, exigem intervenção médica.

Tratamentos

Tratamento do aumento benigno da próstata vai depender dos sintomas apresentados e sua intensidade. Alguns medicamentos como a combinação de a-bloqueadores e 5-a-redutase podem ser a primeira linha de tratamento no homem. A cirurgia na próstata também podem ajudar se os sintomas forem severos.

Dr. Julio Bissoli comenta sobre os possíveis tratamentos da Hiperplasia Prostática, sendo:

1 - Medicamentos para tratar os jatos fracos e as idas frequentes ao banheiro. Neste vídeo, o especialista em hiperplasia prostática benigna comenta exclusivamente sobre o tratamento medicamentoso para o aumento da próstata.



2 - Sondagem - tratamento temporário de passagem de sonda, até o paciente chegar ao urologista especialista em aumento benigno de próstata;

3- Embolização da próstata - basicamente é um cateterismo que tem eficácia similar a altas doses medicamentosas e pode ser feito com anestesia local;

4 - Enucleação da próstata - tratamento mais radical e relativamente novo, sendo realizado por laser, robô ou cirurgia convencional;

5 - Raspagem da próstata - tratamento padrão e mais comum, realizado através do ressectoscópio ou por laser;

6 - Urolift - novo tratamento que chegou recentemente ao Brasil. Para saber mais sobre o Urolift, clique aqui.

Dúvidas frequentes

Quanto mede e pesa uma próstata?

A próstata normal tem o formato de uma noz, ligeiramente oval com cerca de 3cm a 3,5cm em cada diâmetro. A densidade da próstata é similar a da água e por isso é muito comum que urologistas e médicos de modo geral usem o peso para designar o tamanho da próstata, exemplo, o tamanho normal da próstata é de cerca de 25 gramas. Isso é compatível com as medidas acima e também significa que essa próstata de 25 cm3.

Todos os homens terão a próstata aumentada?

A resposta é relativamente simples. Mais ou menos, 50% dos homens com 50 anos terão algum sintoma ou diagnóstico da hiperplasia benigna da próstata. Esse número acompanha a idade do homem.

Com 80 anos, aproximadamente 80% e com 90 anos, aproximadamente 90% terão sintomas da próstata aumentada. Então, em resumo, se vivermos tempo o bastante, todos nós teremos hiperplasia benigna da próstata.

Próstata aumentada causa Câncer de Próstata?

Não, não causa. A próstata aumentada benigna (HPB), como o próprio nome já diz, não tem câncer envolvido no diagnóstico.

O que acontece é que, como o HPB é muito frequente, existe uma chance, sim, do homem ter as duas coisas. É claro que isso é raro, mas pode acontecer. Uma coisa, não tem ligação com a outra.

Como saber se a minha próstata aumentou?

Como saber se eu tenho o diagnóstico de hiperplasia benigna da próstata? O mais recomendável é fazer uma consulta com o urologista. Se você não tiver acesso a um urologista na sua cidade, realize um exame de imagem. Este exame dará a informação se sua próstata aumentou ou não.

E atenção! A sua próstata pode estar aumentada, mas não ter sintomas associados à obstrução urinária. Então, você pode ter a próstata aumentada sem ter sintomas, enquanto que algumas pessoas podem ter sintomas de obstrução sem ter próstata aumentada.

As coisas não são diretamente proporcionais, o tamanho da próstata e a obstrução urinária.

Próstata aumentada influencia na relação sexual?

A resposta é não. O que a próstata aumentada faz, por uma questão de ângulo e mudança da anatomia do tubo urinário, é que o homem acaba ejaculando menos.

Normalmente, quem tem mais obstrução no trato urinário acaba tendo uma redução do volume ejaculado ou daquela pressão com que o esperma sai quando o homem ejacula. É a única relação mais ou menos plausível com a atividade sexual.

É possível prevenir a hiperplasia benigna da próstata?

Olha, infelizmente não. Tem alguns estudos que sugerem que atividade física regular, consumo de legumes, boa qualidade de sono estão relacionadas à menor incidência de hiperplasia benigna da próstata. Mas isso ainda não é conclusivo.

É óbvio que atividades que levam uma boa saúde vão tornar o indivíduo mais saudável de um modo geral. Mas, especificamente, para a hiperplasia da próstata, não se tem nada que resolva ou que previna com eficácia esse tipo de doença.



Agende consulta no bairro de Perdizes, em São Paulo, com o Dr. Julio Bissoli, urologista aumento benigno próstata. Obtenha um diagnóstico preciso, com indicação do tratamento correto para devolver a qualidade de vida e bem-estar.

Agendar consulta Agendar check-up